Curso de Estudos Avançados

Computação aplicada à Arquitetura, ao Urbanismo e ao Design


Filosofia

A expressão da Arquitectura de um tempo particular é sempre reflexo dos contextos desse tempo, de entre os quais o tecnológico. Hoje em dia, os meios computacionais são já instrumentos incontornáveis na maior parte dos ambientes de projecto. Porém, em certa medida, são ainda utilizados apenas como meros facilitadores de processos já adquiridos e testados pelo tempo. As disciplinas das áreas de computação pretendem dar um passo adiante e promover a utilização da computação na Arquitectura como um meio de expandir a intuição e a consciência, e ampliar a capacidade do Arquitecto se relacionar e agir sobre o mundo que o rodeia de um modo mais inteligente e holístico. Dentro deste espírito, é a filosofia da FA-UL afirmar-se como uma Faculdade de Arquitectura altamente especializada capaz de se enquadrar num âmbito de excelência no panorama Internacional.

É portanto objectivo primeiro do corpo de disciplinas de computação e muito em particular por via do Curso de Estudos Avançados em Computação Aplicada à Arquitectura, Urbanismo e Design (CEACAAUD), substituir a ideia rudimentar de que a computação apenas fornece ferramentas de representação por uma visão mais consentânea com as visões internacionais mais avançadas de que a computação propõe uma extensão das capacidades de raciocínio e análise constituindo um corpo disciplinar de vários conhecimentos específicos para suporte às disciplinas de projecto em geral. Este corpo disciplinar expressa-se de forma integrada no conjunto de disciplinas oferecido pelo CEACAAUD assumindo um caracter transdisciplinar no que toca às actividades de projecto, mas com a particularidade de introduzir uma discussão pioneira no âmbito dos métodos de projecto.

As disciplinas propostas neste contexto visam ainda enriquecer a oferta de optativas aos cursos de doutoramento e ao 2º ciclo tirando partido das sinergias positivas que decorrem da colaboração das gerações de ‘digital natives’ com doutorandos geralmente mais maduros metodologicamente e na formulação de problemáticas e sua interpretação. Com tal oferta, colmata-se também as falhas decorrentes da não actualização do currículo dos cursos onde se verificam as já indesculpáveis ausências do BIM na Arquitectura e o SIG no Urbanismo, factores que desprestigiam os respectivos cursos por falta de actualização tecnológica em práticas que o mercado de trabalho já toma como indispensáveis.

 

Plano de Estudos

1º semestre


Gramáticas da Forma e História da Computação em Arquitectura - 5 ECTS pdf icon

Modelação Geográfica, Urbanismo Paramétrico e Análise Espacial - 10 ECTS pdf icon

Programação para BIM - 10 ECTS pdf icon

 

2º semestre


Análise Morfológica e Semântica Espacial - 10 ECTS pdf icon

Digitalização 3D, Realidade Virtual e Animação - 10 ECTS pdf icon

Cartografias do Olhar - 5 ECTS pdf icon

Fundamentos de Matemática para Computação - 5 ECTS pdf icon

 

Propinas

Entre 2000 (40 ECTS) e 3000 euros (60 ECTS) em função dos ECTS.

O pagamento de propinas é realizado da seguinte forma:

  • 1ª prestação, no valor de 50% do valor global, paga no ato de inscrição no 1º semestre;
  • 2ª prestação, no valor de 50% do valor global, pago no ato de inscrição no 2º semestre.

Aos valores de propinas, acrescem as taxas administrativas no valor de €40,00 e seguro escolar no valor de €1,43.

 

Calendário Académico

O Calendário Académico do Curso de Estudos Avançados em Computação Aplicada à Arquitetura, ao Urbanismo e ao Design é comum ao calendário do 1º, 2º e 3º ciclos da FA-ULisboa, disponível para consulta no portal do Conselho Pedagógico.

 

Candidaturas

Mais informações no menu candidaturas.